sexta-feira, 8 de abril de 2016

Nobre Amor Capitulo 19 PENULTIMO

Quando a gravidez dela é confirmada, todos vibram de alegria, e os pais de Demi viajam ate Londres apenas para acompanhar a gestação da filha caçula.
-Antes de ontem, hora que estávamos embarcando, vimos Chealsea.
-Não quero saber.
-Não, espere Demi...você vai gostar, ela também estava embarcando, mas com 2 freiras.
-Como é?
-Os pais dela resolveram a colocar em um convento, já que ela ta passando da fase de casar e ninguém a quis.
-Mas ela era cheia de pretendentes.
-Depois que souberam que o Duque de Manchester a dispensou em favor de você, os homens começaram a achar que ela não era uma boa aposta para o casamento.
Demi cai na risada e é assim que Joe que estava no escritório, conversando com o sogro, acha a esposa.
-O que é tão engraçado?
-Selena me contou que Chealsea virará freira.
-Pobre do convento, em ter que a aturar.
-Demi, adorei seu marido.
-COMO É SELENA?
-Não grita amor. Apenas o senso de humor dele.
Demi boceja e Joe a levanta no colo.
-O que você ta fazendo?
-Sempre que você boceja assim, sei que é hora do seu cochilo.
-Mereço.
-Faz muito bem Joseph, uma mulher grávida precisa descansar bastante.
-Logo estarei gorda.
-Duvido muito.
-Por quê?
Joe morde de leve a orelha dela que treme em excitação.
-Daqui a pouco ela volta.-Dizendo isso Joe se vira com a esposa no colo e segue para o quarto, sob as risadas de seus familiares.
Deitada na cama, Demi pergunta novamente ao marido o que ele quis dizer com não a deixar gorda.
-Amor, o que você comer, vai sumir durante as noites, enquanto nos perdemos um no outro.
Ela cruza as pernas que é notado por Joe.
-Não diga essas coisas.
-Digo e repito, prepare-se essa noite que irei te deixar exausta.
-Socorro. –Demi sussurra, arrancando um riso de seu marido.
-Dorme.
-Fica comigo?
-Só ate dormir, preciso terminar a reunião com seu pai.
-Tudo bem.
Os meses passam, toda a sociedade e nobreza inglesa sabe do herdeiro do clã dos Jonas e Ashley bufa de ódio, pois não tem mais acesso a casa, não podendo chegar perto nem dos portões.
-Como esta amor?
-Me sinto pesada e cansada.
-Devia ficar deitada.
-Não consigo, incomoda mais ainda.
Quando Joe se aproxima dela, vê a barra do vestido molhado e Demi de olhos arregalados.
-Margô esta passando pano no chão de novo?
-Não, fui eu.
-Bexiga solta?
-Pior.
Ele a vê se contorcendo e a segura antes que caísse.
-O que houve amor?
-Rompeu.
Joe entende e aos berros chama Isabelitta, Margô e a cozinheira Margareth.
-Chamem o medico e a parteira. Chegou a hora.
-Sim senhor.
-Vou por água pra ferver e pegar os panos.
-Venha Margô, tirar os lençóis da cama dela e preparar tudo pro parto.


rufem os tambores.... vai nascer
bjemi

4 comentários:

  1. nao é justo tu parar justo nessa parte lais é bom postar o último capitulo logo viu

    ResponderExcluir