sábado, 19 de agosto de 2017

Mais uma Chance para Amar 4º Capitulo

Demi se vira assustada quando vê Joseph na porta os observando.
-Não sabia que é casada.
-Não....
-Mãe solteira?
-Digamos que sim.
-Ótimo, venha.
-Pra onde?
-Quero mais uma rodada.
-Mais uma?
-Sim, ainda não estou saciado.
-Quem é ele mamãe?
-Um...
-Sou amigo de sua mãe.
-Gota de futebol?
-Sim.
-Eu também. Vai domi aqui?
-Ta chovendo e tenho um assunto importante pra cuidar com Demi.
-Boa noite.
Ao entrarem no quarto, Joseph caminha ate a janela.
-Em sua ficha não havia nada sobre marido ou filhos.
-Sou divorciada.
-E o pai dele vem o visitar?
-Não...
-Que tipo de pai não visita o filho?
-O tipo de pai que não sabe e nem pode saber da existência dele.
-E seu ex é o tal Tommy?
-Tommy? É meu filho.
Demi percebe ele respirando fundo e caminha em direção a ela.
-Vamos a 2ª rodada.
Nas semanas seguintes Demi é incumbida de limpar apenas o setor administrativo do hotel, inclusive o escritório do presidente, mas o que ninguém sabia é que ela fazia tudo, exceto limpar o escritório.
-Tenho que ir pra casa.
-Fique mais um pouco, ainda estou completamente excitado.
-Mas eu não...
Joseph a beija e torna a penetra-la.  Coloca as pernas dela ao redor de sua cintura e se levantando devagar, a pressiona contra uma das paredes investindo duro, fazendo Demi soltar um grito que ele engole com um beijo.
-Você é linda.
-Ai meu deus...
-Se entregue.
-Ainda não por favor.
-Venha.
-Mais forte.
-Você não ira aguentar.
-Eu quero!
Demi o agarra pelo quadril e o força a ir mais fundo, assim os 2 explodem em um orgasmo avassalador.
-Você é incrível.
-Você não fica atrás. Tenho que ir, Tommy não pode ficar muito tempo com a minha amiga.
-Tudo bem. Semana que vem, vamos jantar fora.
Demi que estava se arrumando, se vira assustada.
-Como?
-Tenho que te falar uma coisa.
-E não pode falar aqui?
-Não, apenas no jantar. Esteja linda, mesmo já sendo.
-Que horas?
-Eu ligo avisando.
Ele a beija e a deixa terminar de se vestir.
-Amanha será bom limpar aqui realmente, ta empoeirado, mas não se preocupe, não irei fazer amor com você, tenho uma viagem agendada á semanas, dará para se recuperar de nossas noites.
-Você é doido.
-Sou, por isso que sou tão rico.
-Achei que era por que sabia negociar importantes transações.
-Eu sei fazer muito mais... você já sentiu isso varias vezes.
Demi fica vermelha e termina de por os sapatos.
-Não era disso que eu me referi.
-Eu sei, mas você vermelha fica linda.
-Onde você vai?
-Provavelmente comprar uma fazenda que me falaram.
-É fazendeiro?
-Um lugar de lazer... o dono pede um preço barato, se o lugar for bom, compro.
-E é fácil achar algo assim?

"If we get it on
Sarange ppajimyeon
Mumohan I ipmajchum gyesokdoemyeon
Geojismalcheoreom seoro noga deureo
All night all night all night
Sarangiran geon jeonghaejin geot eopseo
Heulleo neomchineun daero gaja heoni
I bamui fever heumppeok deurimasyeo
All night all night all night

Hamkkeramyeon chwihan deut
Urin bulkeun seogyang wireul nara
Dasi sarange ppajija I bam kkok japgo" 

quem quiser o que esta escrito traduza hehehe bjemi

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Nova Chance Para Amar 3º Capitulo HOT

-Você não esta podendo nem ficar de pé direito.
-Por favor, me deixa ir.
-Ficará aqui ate parar de tremer.
-Chad...ele vai...Tommy.-Demi desmaia, fazendo Joseph grunhir de raiva. Ele pega o telefone e liga para a recepção.
-Selena, procure meu motorista e peça que ele venha ate meu escritório depois de deixar o carro em frente ao hotel.
-Sim senhor Jonas.
Horas depois Demi acorda confusa e solta um grito de medo ao ver uma sombra perto dela.
-Ei, relaxa, você desmaiou e eu não sabia onde morava, ai te trouxe para minha casa.
-Senhor Jonas...
-Meu motorista esta te esperando para te levar para sua casa.
-Meu Tommy...
-Sim, seu companheiro deve estar te esperando.-Ele fala de cara fechada e sai do quarto, deixando Demi confusa.
Quando o carro sai do imóvel, ele segue ate o quarto, onde Demi se encontrava e ao sentir o cheiro dela no travesseiro, precisa tomar banho quando sente sua cueca ficar completamente melada.
-Mas que merda, eu pareço um adolescente com hormônios a flor da pele... apenas o cheiro dessa moça e gozei, coisa que só ocorreu uma vez há tanto tempo.
Demi durante a semana, fica com o filho, temendo que a qualquer momento seu ex marido poderia aparecer para fazer mal a ela e ao filho.
Depois de 2 semanas, ela saindo do banho, escuta a campainha e se assusta, indo devagar ate a porta, abre-a com cuidado.
-S-senhor J-Jonas?!
Quando Joseph a vê apenas de toalha não se segura e a agarra.
-O- que v-voce ta....-Joseph a beija enquanto a abraça, caminha para dentro da sala e a aperta mais em seus braços quando Demi geme pelo beijo.
-Para...não...eu....senhor...
-Me chame de Joseph.
-O que você quer?
-Você.
-Mas...
Ele tira a toalha do corpo dela e sua garganta fica seca ao ver o corpo perfeito de Demi.
-Você é linda.
-Me da essa toalha.
-Não.
Joseph caminha na direção dela que recua ate ficar presa contra uma parede.
-Perfeita.
-Para, você não pode...
Joseph desce o olhar para os seios dela, e Demi sente eles ficando pesados, a respiração fica curta e pela primeira vez resolve não ter medo do futuro.
-Sei que vou quebrar a cara amanhã mas...
Eles voltam a se beijar enquanto Joseph usa as mãos para conhecer o corpo de Demi. Ao atingir a junção das pernas, Demi cai nos braços dele que a carrega ate o quarto.
-Estou pirando para estar dentro de você.
-Eu também.
Demi desabotoa a camisa de Joseph e em seguida a calça dele.
-Você é tão...
-O que Demi?
-Magnífico.
-E você é maravilhosa.
Joseph coloca a camisinha, tirada do bolso da calça, em seu membro e se afunda no corpo de Demi que geme pela súbita invasão. Diferente de quando era casada, Demi sente ser amada pela primeira vez. O prazer a domina a cada investida de Joseph. Os beijos que trocam são cada vez mais apaixonados, e curtos.
-Se entregue para mim.
A voz rouca de Joseph produz algo no interior dela que se entrega com um enorme abandono e acolhe o corpo cansado e suado de Joseph, ambos adormecem, mas na madrugada Demi acorda e sem se movimentar muito, vai ate o quarto do filho que acorda assustado, pois começou a chover e o trovão assusta a criança.
-É só um trovão bebê.
-Assusta.
-Eu sei meu amor, dorme, mamãe amanha terá que voltar a trabalhar.
-Mamãe já miolou?
-Sim criança. Dorme agora sim?
-Ta mamãe.
-Mamãe?

Pra comemorar que chegou minha bateria novaaaa
bjemi