segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Amor Fraternal 17º Capitulo

O tempo vai passando, o casal esta cada vez mais envolvido que não percebem que estão dando muita bandeira, e ganham a força de Kevin e Nick após eles descobrirem tudo, depois de um flagrante que deram na faculdade dela, um dia sem querer.
-Demi comeu algo estragado?
-Não Joe, por quê?
-Ontem em casa ela passou mal a noite toda e a gente nem tinha ido jantar.
-Na verdade, falando, tem dias que ela anda estranha.
-De novo falando dos meus mal estares? ME DEIXEM EM PAZ!
-Volte aqui mocinha.
Demi vai correndo pro quarto chorando.
-Eu falo com ela mãe.
-Terei que ir ao mercado, vê se descobre o que esta acontecendo.
-Não se preocupe.
Depois que Denise sai, ele corre pro quarto de sua amada e escuta os soluços dela.
-Demi, abre a porta.
-VAI EMBORA!
-Demi, por favor, o que esta acontecendo? Estou preocupado com você.
-Me deixa sozinha.
-Amor....
Logo depois a porta é aberta e Joe sente um peso no coração ao ver ela com os olhos vermelhos de tanto chorar.
-O que você tem?
-Eu...
Ela se joga nos braços dele.
-Não me odeie.
-Por que diz isso?
-Não foi minha culpa.
Ele a olha intrigado.
-O que você quer dizer?
-Eu me sinto horrível.
Joe vê sobre a cama um envelope.
-O que....-Ele começa a ler o documento, mesmo com Demi tentando tomar dele.
-Isso é verdade?
-Eu não sei como....
Demi corre pro banheiro e se tranca lá, temendo a ira que Joe poderia ter.
-Demi vem aqui.
-Não posso.
-Por favor, temos que conversar.
-Agora não, por favor.
-Abre, não faça isso de se trancar em si mesma, vem aqui.
-Tenho medo.
-Amor, não tenha, quero apenas conversar.
Ela abre apenas um pedaço da porta e Joe pega em suas mãos a puxando para si.
-Se o que diz aqui é real, vamos contar para todos na família.
-Eles jamais irão aceitar.
-Nick e Kevin já sabem, e com apoio deles, iremos contar aos nossos pais.
-Joe, me perdoe eu...
-Um bebê não se faz sozinho, a camisinha pode ter furado, ou não colocamos direito, pílula falhou, mas o que importa é que estaremos juntos.
-Não esta bravo?
-Claro que não, teremos um filho meu amor.
Demi chora, mas agora de felicidade e alivio.
-Tava assim por causa disso?
-Fiquei com medo de todos se revoltarem comigo.
-Ganhamos um presente maravilhoso.
Demi sorri e pegando no rosto do namorado, o beija.
-MAS O QUE SIGNIFICA ISSO?
Eles se separam assustados ao ver a mãe furiosa os olhando.
-Mãe...
-Eu...
-NÃO ACREDITO QUE VOCES ESTAO JUNTOS.
-Para de berrar, eu posso explicar tudo.
-Demetria, você seduziu meu filho?
-Mãe....
-Seremos pais mãe.
Ela se aproxima do casal e pra surpresa dos dois, dá um tapa em Demi.
-EU CRIEI UMA COBRA!
-Mãe..
-NÃO ME CHAME ASSIM, NÃO SOU SUA MAE SUA PUTA!
Quando ela vai dar outro tapa, Joe segura o braço da mãe furioso.
-NÃO SE ATREVA!
-Joseph...
-Demi e eu nos apaixonamos.
-SÃO IRMAOS!
-Não de sangue.
-VOCE SUMA DA MINHA CASA!
-Que?
-Não quero uma prostituta sobre meu teto.
-Eu não sou isso.
-Se Demi sair, eu nunca mais volto aqui.
-Prefere essa garota do que sua família?
-Demi É minha família. Amor, arruma suas coisas e vamos.
-Não vai levar nada daqui!
-Ótimo!
Demi pega sua bolsa e coisas da faculdade e sai do quarto.
Joe olha decepcionado pra mãe e segue a namorada.
-Aonde vão?
-Demi vai morar comigo agora pai.
-Por quê?
-Por que essa puta transava com nosso filho.
-Mãe!
-Eu deixei de ter filha!
Denise volta pro andar superior e Demi se encolhe de medo ao ver o olhar furioso de Paul que ergue os braços para bater nela.
-NÃO SE ATREVA!
Paul se assusta ao ver Joe na frente dela.
-Saia da frente Joseph!
-Não! Demi vai pro carro agora.
Ela sai correndo da casa e entra no carro de onde escuta gritos e palavrões, para logo depois ver Joe saindo furioso dali, carregando uma mala.
-Podemos ir.
-O que....
-Depois falo.
A viagem é silenciosa, cada um perdido em pensamento.
-Já era minha faculdade.
-Por que diz isso?
-Nossos pa..seus pais que pagavam.
Demi se abraça e Joe para no acostamento, puxando-a para seu colo.
-Tudo vai ficar bem, eu pagarei as mensalidades, você vai viver comigo, nossos irmãos vão nos ajudar, pois nos apoiaram desde o começo, esperamos nossos pais esfriarem os ânimos e conversamos.
-VOCES O QUE?
-Expulsamos ela sim.
-Não acredito nisso.
-Vocês sabiam disso Kevin?
-Claro, tava na cara, só vocês não percebiam, mas expulsar nossa irmã assim...
-ELA NÃO É SUA IRMÃ!
-Não importa o que digam agora, cresci com Demi sendo da família e ela SEMPRE será minha irmã.
-Ela não é!
-To nem ai.
Nick aparece empurrando malas , assustando os pais.
-O que significa isso Nicholas?
-Minhas coisas, arrumei as suas Kevin, se quiser vir comigo.
-Por que fez isso?
-Não vou poder morar na mesma casa de pessoas que xingam e agridem uma mulher grávida e ela sendo minha irmã
-Te ajudo irmão, vamos para a...adeus pais.
Assim que se veem sozinhos, Denise e Paul se abraçam e choram magoados e bravos com os filhos.
-Eu nunca mais vou querer ver aquela garota.-Denise resolve ir dormir.
-Nem eu, demos todo amor para ela e nos apunhalou pelas costas.


ok, se quiserem podem xingar Denise e Paul, eles merecem.
BABY chegandoooooo! Joe é um fofo fala a verdade *-*
9 comentarios bjemi

13 comentários:

  1. O.o chocada com a situação, não imaginava que eles iriam fazer isso o.O posta logo, beijos

    ResponderExcluir
  2. Eita...
    Espero que eles voltem atrás dessa decisão...tadinha da Demi
    Mais feliz por ela está grávida
    Posta logoooo
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. CAR*LH* :O
    QUE CAP SOCORRO, MULHERRR!!! ainda bem q o Kev e o Nick estão do lado deles...

    ResponderExcluir
  4. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH
    AMO MT SA FIC *-*
    Denise e Paul -'- Demi nn merecia isso zzz
    Joe e um amrzin aush babyyyy *-*
    POSTA LOGOOOO

    ResponderExcluir
  5. Estou em choque porque eles fizeram isso ela ta gravida

    ResponderExcluir
  6. Jesus Amado posta mais

    ResponderExcluir
  7. Mano que filhos da puta nossa peguei raiva deles depois dessa. Agora uma pausa DEMI E JOE VÃO TER UM BEBE lsnsownwosn to surtando de alegria

    ResponderExcluir
  8. Nao acredito Baby a caminho .Eles não deviam ter feito isso com ela tadinha. Posta logo.

    ResponderExcluir