sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Amor Fraternal 13º Capitulo

-Ei Demi vamos logo pra fa...eu hein.
-Que foi Nick?-Denise bagunça o cabelo do filho.
-Olha isso.
-Pelo visto Joe se sentiu culpado por ontem.
-O que...ah oi.
-Oi filho.
-Oi mãe. Nick posso falar com você antes de sair?
-Sobre o que?
-Sobre ontem.
-Ok.
Eles saem do quarto, deixando que Denise acordasse a filha.
-Fala logo.
-Queria te pedir desculpas por ontem.
-Como?
-Eu fui idiota. É que eu me sinto protetor da nossa irmã.
-Eu também quero me desculpar, não devia falar coisas do passado.
-Ta tudo bem?
-Sim, e adoro ser seu irmão.
-Eu também Nick.
Eles dão um abraço rápido e são atacados por Demi.
-Sua louca.
-Achei lindo isso.
-Demi você não é normal.
-Faço parte dessa família, queria o que?
Joe cai na risada, pega ela pelas pernas e joga sobre os ombros.
-JOE ME PÕE NO CHAO!
-Lá embaixo.
-NÃO SOU MAIS CRIANÇA!
-Ninguém perguntou.
-ME PÕE NO CHAO!
-O que... Joe o que você ta fazendo?-Denise arregala os olhos.
-Tratando a nossa filha como criança.
-Eu mereço.-Demi cruza os braços bufando.
Nick cai na risada ao ver a cara de brava de Demi.
-Carga entregue.
-Sou carga agora?
-Sim!
-Legal você viu.
-Agora chega, vamos tomar café em paz, nada de provocações e vozes altas.
-Sim pai.
-Kevin você já terminou o seu?!
-Estava com fome.
-Você sempre esta com fome.
-O que eu disse Demi?
-Mas pai, só falei a verdade.
Joe começa a rir ate que Demi o chuta por debaixo da mesa.
-Isso machuca Demi.
-Eu sei.
-Tenho que ir trabalhar.
-Vou com voce Kevin.
-Coma direito Demi.
-Não estou com fome.
Os dias correm normalmente, Joe e Demi ficam namorando escondidos de todos, por saberem que nunca seriam aceitos pela família.
-Ei Demi.
-Oi Sel, o que foi?
-Vamos sair hoje?
-Claro, onde?
- Parque de diversão.
-Ai que delicia. E vai quem tanto?
-Eu, meu amor, você e... Gustav.
-QUE?
-Ele soube que ia te chamar e quis ir também.
Demi se desespera ao imaginar a reação de Joe ao saber.
-Eu não acho uma boa ideia ele ir.
-Por que não?
-Por que....
-Oi meninas.
-Ola Joseph.
-Joe.
-Que horas iremos no parque?-Gustav abraça Demi que tenta sair dos braços dele, enquanto Joe os fuzila com o olhar.
-As 19:00, nos vemos lá Gustav.
-Ate de noite Demi.
Joe se vira bravo para ela.
-Que historia é essa?
-Eu to tentando unir Demi e ele, combinam.
-Você não irá Demi.
-Joe....
-Não e não!
-Larga de ser um irmão chato, o Nick tara lá e ela já aceitou.
-Aceitou?
-Foi antes de saber que ele ia.
-Nem pensar que você sairá com esse cara.
-Joe por favor.
-Você quer sair com ele?
-Eu...
-Ótimo, vá então.
-VOLTA AQUI JOE! Droga.
-Seu irmão é estranho, ate parece que é seu namorado e não seu irmão.
-Por que você não me falou que Gustav ia antes que eu aceitasse sair?
-Você não perguntou e eu quero que vocês se entendem.
-Pare de tentar me unir com ele, sabe que não gosto disso.
-Você precisa de um namorado.
-Eu to bem assim, que saco Selena.
-Ainda vai me agradecer por te unir com o Gustav.
-PARA COM ISSO!
Demi sai de lá, já se preparando para aguentar o irmão, e quando chega o vê no telefone.
-Sim, claro, combinado então, te pego as 20:00, será bom nos vermos.
-Vai sair?
-Ah é você.
-Vai me tratar friamente assim?
-Irei me arrumar pra sair, bom passeio com seu amigo.
-Joe para com isso.
-Tchau Demi.
-A Selena que armou tudo isso!
-E você não fazia ideia.
-Não! Chega de ironia!
-Não estou sendo irônico.
-Foda-se então!
Ela sai de perto dele e bate a porta do quarto irritada.
-Depois que falo que quero ter algo com ela, me faz isso e ainda se irrita.
-Selena?
-Acalmou?
-Não, eu irei no parque, mas não no horário que vocês combinaram por que não quero nada com ele, então nem precisam me esperar.
Quando chega o horário dela ir ao parque, Joe abre a porta e a vê olhando um álbum de família.
-O que ta fazendo?
-Lembrando quando a vida era mais fácil.
-E não ta pronta.
-Não esta na hora.
-Claro que esta, já é quase 20:00.
-Eu sei, mas não irei agora.
-E seu encontro?
-Não tenho nenhum encontro.
-Como não? Aquele Gustav...
-Selena que armou tudo, mas eu não quero nada com ele.
-Não?
Ela se levanta e avança sobre ele.
-Quantas vezes eu tenho que te dizer que apenas você me interessa?
-Mas eu pensei...
-Você sempre pensa errado, já te falei, é você que eu quero seu grande estúpido.
-Eu?
-Por mais que queira te matar por ser babaca, meu coração é seu.
Joe sorri e a abraça apertado.
-Desculpa linda, fui dominado pelo ciúmes.
-Eu sei. Você esta quase pronto pro seu encontro, então melhor ir.
-Ah isso me lembra...-Ele pega o celular e depois de um papo rápido, desliga sorrindo.
-O que você fez?
-Cancelei esse encontro e te espero pronta daqui meia hora, vamos ao parque.
Ela sorri e o beija.
-Senti falta dos seus lábios o dia todo.
-Sentiu por que é mané.
-Eu sei, se arrume logo princesa.
-Então sai do quarto, nos vemos lá embaixo.
-Ok.
Ele rouba um selinho dela e sai do quarto.
-Ele é doido...mas gosto assim mesmo.


eu to achando tao fofo a relaçao entre eles, mesmo com essas crises de ciumes, mas é apenas medo dele de perder a garota que ama.
9 comentarios bjemi

9 comentários:

  1. Fofos
    Amo quando ele fica louco de ciúmes

    ResponderExcluir
  2. Episodio do parqueeeeeeeeeeeeeeee *----*
    AMO ESSA FIC COMO FAZ PRA POSTAR RAPIDO MAS SEM TERMINAR ELA? AUSHAUHSH
    POSTA LOGOOOO

    ResponderExcluir
  3. DOU UM SUPER RT NO COMENTÁRIO DA JESSICA

    ResponderExcluir
  4. ADIVINHA QUEM QUER MAIS UM CAP DE NOVO? EU MESMOOOO

    ResponderExcluir
  5. Adorei
    Apaixonei ❤️❤️❤️
    Posta logoo
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Jesus Amado posta logooo

    ResponderExcluir
  7. Joe todo ciumento ave que fofo
    Posta mais

    ResponderExcluir